Tipos de tacos

O taco é o principal equipamento esportivo do golfe. Toda a ideia de golfe é competidores tentando colocar uma bola em um buraco utilizando um taco.

O que parece ser uma tarefa fácil, na verdade internaliza uma multitude de variáveis e nuances que pode levar anos para alguém masterizar. E essas nuances também acabam por se refletir nos equipamentos do esporte.

Existem vários tipos de tacos utilizados no golfe, cada um com uma função específica, cada um com vantagens e desvantagens sobre o outro. Neste artigo iremos tratar disso.

Madeira

Os tacos de madeira, ou wood na denominação original em inglês, são os mais reconhecíveis no arsenal do golfista porque são os mais longos e maiores.

Apesar do nome, estes tacos não são mais feitos de madeira, e podem ser feitos de aço, titânio e fibra de carbono.

São tacos com cabo mais longos, com cabeça grande e de formato abaulado, tipicamente ocas.

São utilizados para enviar a bola o mais longe possível, e golfistas fazem o giro o mais rápido possível.

Existem dois usos para os tacos de madeira: como drivers e na fairway.

Um driver é o taco utilizado na primeira tacada. Seu objetivo é levar a bola o mais perto possível do buraco. Os drivers são considerados de tamanho número 1 no golfe.

Os tacos de fairway de madeira levam a bola mais longe, mas são menores que o driver, o que lhes confere mais precisão. Por isso são utilizados em meio de jogo, onde a distância ainda é mais importante que precisão. Os mais utilizados são até o número 5, mas existem várias numerações.

Ferro

Os tacos de ferro, chamados iron, são utilizados em tacadas com distâncias menores e onde a precisão é maior. O objetivo do ferro é tirar a bola da fairway e colocá-la no green.

Apesar do nome, os tacos de ferro são feitos na maior parte das vezes de aço, embora já existam fabricantes que tenham opções de cabo de carbono.

No arsenal do golfista, tipicamente existem 7 tacos de ferro, de numeração de 3 a 9. Quanto maior o número, menor a distância da bola.

Wedges

As wedges, ou cunhas, são tacos da categoria ferro, especializados em distâncias curtas e maiores alturas.

São utilizados normalmente para remover a bola de uma parte do campo com terreno mais impróprio, como grama alta e caixa de areia.

As wedges são classificadas por ângulo de contato, a saber:

As pitchingwedges e as gap wedges são utilizadas para cobrir curtas distâncias, por exemplo, quando se quer colocar uma bola da fairway para o green e um iron é muito longo. A sandwedge é mais indicada para retirar bolas da caixa de areia e uma lobwedge é para terrenos mais acidentados, como por exemplo, grama alta.

Putters

Os putters são tacos especializados em apenas uma coisa: fazer o trajeto final da bola até o buraco, já no green.

O putter é provavelmente o taco com mais variedade no mercado porque é talvez o taco mais pessoal do golfe. Por ser usados em tacadas que exigem muita precisão, toda diferença na característica: peso, tamanho, material da cabeça, material do cabo, flexibilidade do cabo, etc, isso tudo faz diferença para cada golfista.

A cabeça pode ser apenas uma lâmina, mais tradicional, ou no formato de malho. A face da cabeça é usualmente reta e projetada para fazer a bola rolar e não subir. Os cabos são tradicionalmente curtos, mas existem putters com cabos longos também.